O chefe das operações da rede terrorista Al-Qaeda no Paquistão e seu braço direito foram mortos, revelou nesta quinta-feira à AFP um funcionário americano, que pediu para não ser identificado.

"Existem todas as razões para crer que estas duas importantes figuras estão mortas", disse à AFP o funcionário, indicando que os dois morreram "nas últimas semanas".

dab/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.