Por Richard Leong NOVA YORK (Reuters Life!) - Alice Waters, uma das chefs mais famosas dos Estados Unidos, disse que prevê que a nova administração na Casa Branca promova a alimentação saudável no país e renove os esforços em favor dos alimentos de cultivo local.

A chef de 64 anos disse que sente-se animada por sinais dados por Michelle Obama, que transmitiu a preocupação de seu marido com a obesidade infantil e a agricultura sustentável.

"Já falei com ele através de sua mulher. Estou animada", disse Waters, fundadora do renomado restaurante Chez Panisse, na Califórnia, resultante de sua paixão por ingredientes locais frescos.

Embora Barack e Michelle Obama tenham anunciado que vão manter a chef atual da Casa Branca, Cristeta Comerford, Waters vem defendendo a criação de uma horta para cultivar frutas e legumes orgânicos na Casa Branca.

Ela diz que faz sentido melhorar a qualidade dos alimentos servidos nas escolas e apoiar os agricultores locais.

"Temos a responsabilidade moral de ver o que faz bem a nossos filhos", disse Waters. Para ela, se os agricultores locais passarem a fornecer ingredientes para a alimentação servida nas escolas, isso servirá de estímulo às economias locais.

Na véspera da posse de Obama como 44o presidente dos Estados Unidos, Waters e outros chefs célebres, incluindo Dan Barber e Rick Bayless, vão preparar jantares para levantar fundos para as cozinhas comunitárias e feiras de produtores de Washington. O evento está sendo divulgado como "um novo começo para a mesa americana".

O evento abrange jantares de família para 20 ou 30 convidados, que pagam 500 dólares cada, nas casas de personalidades de Washington como o chef Jose Andres e o jornalista Bob Woodward.

Alice Waters será responsável por um jantar para 170 pessoas no museu Phillips Collection. O jantar, no qual serão servidos frutos-do-mar, queijos, carnes e produtos de cultivo local, vai destacar "a sustentatibilidade através do prazer", disse a chef.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.