Chef britânico se desculpa após recomendar erva venenosa em salada

Londres, 4 ago (EFE) - O chef britânico Antony Worrall Thompson teve que pedir hoje desculpas após recomendar, por engano, uma erva venenosa em uma receita de salada publicada no último número da revista Healthy & Organic Living. Worrall sugeriu em entrevista acrescentar folhas de meimendro-negro (Hyoscyamus niger) - uma planta alucinógena que pode ser letal - às saladas para torná-las mais interessantes com plantas silvestres. A revista se deu conta do deslize e imediatamente publicou em sua versão digital um aviso aos leitores para que ignorassem o conselho, por se tratar de uma planta muito tóxica que jamais deveria ser ingerida. Em declarações à agência britânica PA, Worrall disse hoje que confundiu o meimendro-negro com uma planta comestível que em inglês tem um nome parecido, a ançarinha-branca (Chenopodium album). Estava pensando em uma planta de nome similar, não nesta erva. (O erro) é um pouco embaraçoso, mas não houve notícias de qualquer afetado. Por favor, transmitam minhas desculpas, disse o cozinheiro.

EFE |

A diretora da revista, Kate Collyns, destacou que, além do aviso disponibilizado no site e de enviar uma carta aos assinantes, pensa em publicar uma retificação na edição de outubro, junto a uma desculpa do chef, conhecido principalmente por seus programas de televisão. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG