Chechênia pede a Moscou fim de operação antiterrorista

Moscou, 26 mar (EFE).- A Chechênia solicitou oficialmente a Moscou o fim da operação antiterrorista lançada em outubro de 1999 pelas autoridades federais da Rússia em seu território, informou hoje o presidente da Câmara dos Deputados russa, Boris Grizlov.

EFE |

"Sei que essa proposta chegou ao Comitê Nacional Antiterrorista (CNA) e será estudada", disse Grizlov a um grupo de jornalistas, segundo a agência de notícias local "Interfax".

O presidente da Câmara apoiou o pedido da Chechênia de pôr fim à operação antiterrorista, ao afirmar que a situação hoje na Chechênia "é completamente distinta e, sem dúvida, é assunto a ser debatido".

Ontem, o presidente da Chechênia, Ramzan Kadyrov, anunciou que no fim do mês o Governo federal decretará o termo de quase dez anos de regime de operação antiterrorista na república.

"De fato, há muito tempo já encerramos a luta contra os terroristas, mas ainda está em vigor a operação antiterrorista na república e, por isso, em fins de março será assinado o documento sobre sua conclusão", disse Kadyrov, em coletiva de imprensa na capital chechena. EFE bsi/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG