Chávez volta a falar de planos dos EUA e Colômbia contra Venezuela

O presidente venezuelano Hugo Chávez afirmou neste domingo que são evidentes os preparativos de uma agressão contra seu país por parte da Colômbia e dos Estados Unidos, mas que a Venezuela não está de braços cruzados, embora não queira agredir ninguém.

AFP |

"Cumpro meu dever de alertar a comunidade (...) que as agressões contra a Venezuela estão aumentando e os preparativos são evidentes ", afirmou Chávez durante a transmissão de seu programa dominical 'Alô, Presidente'.

Chávez denunciou ainda a entrada em território venezuelano de um avião não tripulado de 'tecnologia ianque' usada pela Colômbia.

Chávez reiterou, além disso, que os Estados Unidos e Colômbia preparam uma agressão contra a Venezuela a partir do território colombiano e que, para isso, também usa bases militares nas ilhas caribenhas de Curaçao e Aruba.

As relações entre Venezuela e Colômbia se deterioraram nos últimos meses devido à aprovação de um acordo entre Bogotá e Washington que permite aos Estados Unidos o uso controlado de sete bases militares em território colombiano.

No final de julho, Chávez congelou as relações bilaterais deste acordo.

nr/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG