Chávez visitará o Irã até o fim do ano, diz chanceler iraniano

Teerã, 5 out (EFE) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, visitará oficialmente o Irã até o fim do ano, anunciou hoje o ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki. O alto funcionário antecipou a visita de Chávez em entrevista coletiva em conjunto com o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, de visita oficial nesta capital. Hugo Chávez virá a Teerã até o fim do ano, disse Mottaki em declarações reproduzidas pela agência iraniana Mehr. Maduro, à frente de uma delegação venezuelana, chegou sábado à noite a esta capital em uma visita não anunciada previamente. Em sua agenda figura uma reunião com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad.

EFE |

"A vontade política dos líderes de ambos os países eliminará os obstáculos no caminho em direção à ampliação das relações bilaterais", disse Mottaki na entrevista coletiva.

Chávez já visitou o Irã em novembro de 2007, em uma visita "muito frutífera" e "construtiva" que serviu para consolidar sua aliança política, segundo informou-se oficialmente na época.

Mais recentemente, em 27 de abril deste ano, Chávez e Ahmadinejad conversaram por telefone a fim de aprofundar a cooperação entre os dois países em todos os âmbitos, explicaram fontes oficiais.

Na mesma entrevista coletiva de hoje, Maduro disse conversou com Mottaki sobre cooperação bilateral e também sobre os temas da agenda internacional.

"Repassamos também os eventos em América Latina, Líbano, Cáucaso e territórios palestinos", disse Maduro, que acrescentou que existem muitos campos para a ampliação das relações bilaterais.

O Governo de Teerã está se esforçando para estreitar seus laços com alguns países latino-americanos. No início de setembro, o presidente boliviano, Evo Morales, um dos principais aliados políticos de Hugo Chávez, visitou oficialmente o Irã. EFE msh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG