comprar uns 40 tanques - Mundo - iG" /

Chávez vai a Moscou comprar uns 40 tanques

Rússia e Venezuela firmarão um importante acordo armamentista, que incluirá a compra de uns de 40 tanques durante a visita do presidente Hugo Chávez a Moscou, em meados de setembro, informou nesta quarta-feira o próprio líder venezuelano.

AFP |

"Vai ser um acordo importante de armamento para incrementar nossa capacidade defensiva", declarou Chávez a um grupo de jornalistas, explicando que também firmará acordos agrícolas, de petróleo e mineração.

Após manter hoje uma conversa por telefone com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, o presidente venezuelano reafirmou que comprará tanques modernos, ao que parece dos modelos BMP3, MPR e T-72.

"São uns 30 ou 40 tanques. Nos faltavam tanques. Nosso Exército vai seguir crescendo, também as milícias e a defesa de todo o povo", explicou Chávez.

Os tanques "são os mais modernos que há, com visão noturna. Quase voam, se transformam como os (carros) do 007 (agente secreto), que entram na água e se tornam submarino".

"Não queria gastar um centavo em armas e nos primeiros anos do meu governo foi assim (...), mas o Império (americano) quer nos desarmar e se não fosse a Rússia, estaríamos quase sem armas".

Na semana passada, Venezuela e Rússia firmaram em Caracas um acordo que incrementará o intercâmbio entre as forças armadas dos dois países, incluindo venda de armas e transferência de tecnologia militar.

Entre 2005 e 2007, Caracas e Moscou firmaram contratos para a compra de armas totalizando 4,4 bilhões de dólares.

A Rússia já vendeu à Venezuela 24 caças Sukhoi, 50 helicópteros de combate e 100 mil fuzis de assalto Kalashnikov.

bl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG