frustrado com políticas de Obama para a América Latina - Mundo - iG" /

Chávez se diz frustrado com políticas de Obama para a América Latina

Caracas, 5 ago (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, expressou hoje sua frustração com as políticas de seu colega americano, Barack Obama, para a América Latina.

EFE |

"O Obama de Trinidad está virando fumaça, daí minha frustração", declarou Chávez em entrevista coletiva em Caracas, em alusão à última Cúpula das Américas, realizada em Trinidad e Tobago no mês de abril.

Chávez e Obama protagonizaram uma inesperada aproximação durante a cúpula, quando entre sorrisos e apertos de mãos expressaram sua disposição de recuperar as relações entre os dois países.

Neste sentido, os Governos de Venezuela e Estados Unidos reinstalaram recentemente seus respectivos embaixadores em cada país.

O governante venezuelano disse hoje que a suposta política de agressões do Governo Obama em relação à região "é a mesma do ex-presidente americano George W. Bush", e deu como exemplo disso o golpe de Estado que derrubou o presidente hondurenho, Manuel Zelaya, em 28 de junho.

"Aí está o golpe de Honduras, eu acho que surpreendeu Obama, mas sua resposta foi má, péssima", sustentou o presidente da Venezuela.

Chávez reiterou "seu compromisso com a paz na Colômbia" e, por isso, criticou a política de Washington de "instalar bases militares" em território colombiano.

"Em vez de enviar mais soldados, mais armas e mais dinheiro à Colômbia para que haja mais guerra e mais morte, deveria mostrar à Colômbia que os EUA podem liderar um processo de paz", opinou Chávez, ao dizer que esta foi a posição de Obama durante a Cúpula das Américas de Trinidad e Tobago.

Para o presidente da Venezuela, o conflito interno da Colômbia "não tem solução militar. É preciso buscar uma solução política negociada". EFE afs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG