Chávez saúda vitória de Lugo afirmando que sentia falta de um padre

Caracas, 23 abr (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, saudou a vitória do ex-bispo Fernando Lugo nas eleições presidenciais do Paraguai no último domingo de uma forma inusitada, ao afirmar que faltava um padre.

EFE |

Chávez afirmou, com sarcasmo, que com a nova vitória de candidatos de esquerda os Governos latino-americanos desta tendência "serão menos diabos e menos demônios".

Ele disse isto durante a cúpula extraordinária de governantes da Alternativa Bolivariana para os Povos da América (Alba) que aconteceu hoje em Caracas.

Juntando-se às recentes declarações do presidente do Equador, Rafael Correa, também de esquerda, Chávez disse que o triunfo de Lugo constitui "mais uma pedra para sepultar a velha era neoliberal".

"Saudações presidente Lugo. Boas-vindas ao presidente eleito do Paraguai", acrescentou o governante venezuelano após afirmar que ficou "definitivamente no passado" o fato de ele e o líder cubano Fidel Castro serem "os únicos diabos" nas cúpulas governamentais.

Esta foi a terceira oportunidade na qual Chávez cumprimentou a vitória de Lugo, após dizer na última terça que este episódio refletia o avanço de uma "nova época" que o enchia "de muito otimismo".

"Foi um extraordinário triunfo o de Lugo e nos enche de otimismo.

É mais um passo, pois se avança em uma nova época", declarou Chávez, que na última segunda revelou que conversou com o presidente eleito do Paraguai por telefone no próprio domingo, "após saber de seu triunfo nas eleições". EFE ar/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG