Chávez reitera satisfação com anúncio de Obama de fechamento de Guantánamo

Cartagena (Colômbia), 24 jan (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, reiterou hoje sua satisfação com o anúncio do líder dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre o fechamento da prisão americana de Guantánamo em Cuba, a qual qualificou de prisão terrorista, e elogiou a retirada das tropas israelenses de Gaza.

EFE |

Chávez se referiu também ao "vírus mutante" da crise financeira internacional, ao chegar à cidade colombiana de Cartagena, onde se reúne com o líder da Colômbia, Álvaro Uribe.

"O mundo tem que se dirigir ao caminho da paz, que bom que Israel retirou as tropas de Gaza, que bom que o presidente dos Estados Unidos começou assinando decretos ordenando o fechamento das prisões terroristas em Guantánamo", disse Chávez aos jornalistas.

"Paz, queremos paz, só em paz podemos nos desenvolver e podemos nos unir", afirmou o líder venezuelano.

O governante lamentou "a crise mundial do capitalismo" e pediu "fórmulas com muita criatividade e eficácia para enfrentar os efeitos da crise que atingem o mundo inteiro".

"Estamos à frente de uma crise que poderia se parecer com um vírus mutante (...) que bate e vai continuar batendo duro nos povos do mundo. Estamos convocados a nos proteger dessa crise, para impulsionar nossas relações e nos fortalecer ainda mais", expressou.

EFE gta/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG