Caracas, 9 ago (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, se reuniu em Caracas com membros do colombiano Polo Democrático Alternativo (PDA), dentro da rodada de conversas que mantém com diversos setores desse país para buscar saídas ao novo conflito bilateral.

Chávez recebeu ontem à noite os representantes da esquerda colombiana no palácio presidencial de Miraflores, e insistiu com eles em que o novo episódio de tensão diplomática bilateral, derivado do conflito interno da Colômbia, não afetará as relações dos povos de ambos os países.

"Não queremos causar dano às relações entre nossos povos", expressou Chávez aos visitantes, segundo informou a estatal "Agência Bolivariana de Notícias" ("ABN").

Ele sustentou que apesar de ter ordenado na madrugada desta sexta-feira o retorno do embaixador venezuelano a Bogotá, Gustavo Márquez, mantém congeladas as relações com o Governo do presidente colombiano Álvaro Uribe.

Isso, porque seu colega colombiano incorre em "um ato grave e uma traição" ao processo regional de integração ao assinar acordos militares com os Estados Unidos que permitirão a "instalação de sete bases militares" no país vizinho, insistiu.

Chávez também reiterou perante os esquerdistas colombianos na necessidade que se retome na Colômbia a busca de uma saída negociada ao conflito armado, e voltou a expressar a disposição de seu Governo para ajudar nesse sentido, indicou a "ABN". EFE gf/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.