Chávez quer Oliver Stone ou Sean Penn como embaixador dos EUA

Líder diz que artistas americanos "amigos" da Venezuela seriam boa escolha para ocupar posto diplomático em Caracas

iG São Paulo |

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta terça-feira que gostaria que os Estados Unidos nomeassem como embaixador em Caracas o cineasta Oliver Stone ou o ator Sean Penn.

Na semana passada, a relação entre os países sofreu novas tensões quando os Estados Unidos retiraram o visto do embaixador venezuelano, em resposta à decisão de Chávez de rejeitar a nomeação de Larry Palmer como representante de Washington em Caracas.

Getty Images
Hugo Chávez e Oliver Stone apresentam "Ao Sul da Fronteira" no Festival de Cinema de Veneza (07/09/2009)

Na televisão venezuelana, Chávez disse que tinha uma solução para resolver o desacordo entre os países. "Tomara que nomeiem Oliver Stone ou Sean Penn...ou (o ativista Noam) Chomsky", disse o líder, rindo. "Temos muitos amigos por lá".

Em setembro de 2009, Oliver Stone lançou o documentário "Ao Sul da Fronteira", que relata o ressurgimento dos movimentos políticos latino-americanos através da figura de Chávez. O filme inclui entrevistas com os presidentes do Brasil, Bolívia, Argentina, Paraguai, Equador e Cuba.

Chávez contou uma história sobre seu encontro com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, durante a cerimônia de posse de Dilma Rousseff no último fim de semana.

"Eu disse à senhora Clinton: 'como está seu marido' (husband, em inglês)? Mas me equivoquei, porque falo inglês muito mal e lhe disse 'how are your wife?' (mulher, em inglês). Ela riu e então eu disse 'ah, husband, husband'", contou.

A conversa entre Hillary e Chávez foi "muito breve" e informal, segundo o porta-voz do Departamento de Estado, P.J. Crowley. Ele não confirmou se Hillary e Chávez falaram sobre a questão dos embaixadores.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: VenezuelaEUAdiplomacia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG