Chávez: qualquer um que vença eleições nos EUA será melhor que Bush

Brasília, 23 mai (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje, no Brasil, que qualquer um que suceder ao atual presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, "não poderá ser pior" que este.

"Não há como piorar" o atual nível das relações dos Estados Unidos com a América Latina, disse o governante.

"É difícil que alguém venha a piorá-lo. Portanto, seja quem for que vença as eleições, (...) inclusive (o republicano John) McCain, acho que pior que Bush não poderá ser. Não conseguiria ser, creio eu", acrescentou Chávez.

O chefe de Estado venezuelano fez essas declarações em uma entrevista que gravou hoje para a "Rede Record".

Trata-se do presidente americano "mais impopular" da história dessa nação, já que, "acho, não o querem nem em sua casa", frisou Chávez.

O governante venezuelano também fez comentários sobre os próximos meses do Governo de Bush.

"Como ele vai embora em breve, agora será muito perigoso. Estes meses serão muito perigosos" e, frente a isso, "será preciso ter muita cautela e não cair em provocações", declarou Chávez, que lembrou que, recentemente, um avião militar americano violou o espaço aéreo de seu país.

O Governo Bush, acrescentou a respeito, "anda fazendo espionagem, anda provocando".

No entanto, o presidente venezuelano considerou um "sinal muito interessante" que exista "um despertar (...) no seio da sociedade dos Estados Unidos, porque não é possível pensar que seja um povo de imbecis que serão enganados tanto e por tanto tempo".

"O fato de mais de 80% (dos americanos) rejeitarem seu presidente é um sinal interessante", opinou o governante. EFE ar/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG