Chávez promulga emenda que permite reeleição ilimitada na Venezuela

CARACAS - O presidente Hugo Chávez promulgou nesta quinta-feira a emenda constitucional aprovada no referendo de domingo passado, que permite a reeleição ilimitada na Venezuela.

Redação com AFP |

"Estamos escrevendo a nova história", disse Chávez ao firmar o documento em um ato oficial na praça Pérez Bonalde, no bairro operário de Catia, oeste de Caracas.

"Promulgo esta emenda com todo meu coração e meu compromisso com o povo, e juro ao povo que não lhe decepcionarei. Viva o povo!" - exclamou Chávez para centenas de partidários reunidos na praça.

"Estou pronto para comandar a revolução de 2009 até 2019, pelo menos, se Deus quiser e o povo decidir assim. Esta é uma emenda histórica, porque é a primeira vez que uma Constituição na Venezuela é emendada pela vontade do povo. Isto é a boa democracia, a democracia verdadeira", acrescentou.

A primeira emenda à Constituição de 1999, que envolve cinco artigos e permite a reeleição sem limite de todos os cargos obtidos em eleição popular, foi aprovada em referendo por 54,86% dos votos (6,3 milhões). O "Não" recebeu 45,13%, o que equivale a mais de 5,1 milhões de votos.

A Constituição da Venezuela permitia apenas uma reeleição. Chávez assumiu o poder em 1999 e foi reeleito em 2006 para um período de seis anos.

Leia mais sobre Hugo Chavéz

    Leia tudo sobre: chávez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG