Chávez promete cancelar relações com a Colômbia se Santos for eleito

Caracas, 7 mai (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que se "o mafioso" Juan Manuel Santos for eleito presidente da Colômbia, a Venezuela vai anular todos os intercâmbios comerciais com o país vizinho, estendendo o "congelamento" que está em vigor com seu colega Álvaro Uribe.

EFE |

Caracas, 7 mai (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que se "o mafioso" Juan Manuel Santos for eleito presidente da Colômbia, a Venezuela vai anular todos os intercâmbios comerciais com o país vizinho, estendendo o "congelamento" que está em vigor com seu colega Álvaro Uribe. "Espero que a Colômbia tenha um Governo decente, e quando digo decente, considero qualquer um dos demais candidatos, menos o senhor Santos, o senhor da guerra", afirmou. Santos "na verdade é um mafioso e, com pessoas assim, os colombianos devem esquecer as relações com a Venezuela, como as existentes até meados do ano passado", disse Chávez, em referência ao momento em que decidiu "congelá-las" por um acordo que permite que militares americanos usem sete bases militares colombianas. "Até agora, o que fiz foi pôr distâncias, reduzir o comércio com um Governo que se declarou praticamente inimigo da Venezuela, que ameaça agredí-la e que além disso abriu o território da Colômbia ao império ianque", afirmou. "Isso foi feito pelo senhor Santos (como ministro da Defesa de Uribe), como ele mesmo diz, e está orgulhoso de isso. Bom, se o povo colombiano, ou uma parte, infelizmente o eleger, eu não o vou a receber", ressaltou Chávez. EFE ar/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG