revolução violenta em Honduras se militares atacarem civis - Mundo - iG" /

Chávez prevê revolução violenta em Honduras se militares atacarem civis

Manágua, 28 jun (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, advertiu hoje na Nicarágua que haverá uma revolução violenta em Honduras se os militares dispararem contra o povo que protesta a favor do presidente Manuel Zelaya, destituído pelo Parlamento.

EFE |

"Que os militares de Honduras não arremetam com suas armas contra o povo desarmado, porque estariam abrindo o caminho para revoluções violentas", disse o governante venezuelano.

Chávez reafirmou que a agressão contra Honduras "é a agressão contra todos os povos deste continente", e fez um apelo às "burguesias destas terras", às quais acusou de perder capacidade de raciocinar, a não romper as regras da democracia.

"Se as oligarquias deste continente rompem as regras do jogo, de maneira tal como o fizeram neste dia (em Honduras), os povos terão o direito à resistência e ao combate", avisou.

"Essa é uma advertência para as oligarquias deste continente", sustentou. EFE lfp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG