Chávez planeja retornar à Venezuela na próxima semana

Após reunião em Havana, presidente da Colômbia diz que líder venezuelano está em bom estado de saúde e bem-humorado

iG São Paulo |

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, planeja retornar a seu país na próxima semana, informou o líder da Colômbia, Juan Manuel Santos, na quarta-feira. Chávez está em Cuba, onde passou por uma nova cirurgia para a retirada de um tumor cancerígeno .

Santos fez a declaração após ter se reunido com Chávez em Havana. "O encontramos em bom estado de saúde, alegre, de bom humor. Ele me disse que sua recuperação vai bem e que pensava em regressar à Venezuela no começo da semana que vem", disse o presidente colombiano.

Leia também: Chávez confirma retorno de câncer e diz que fará radioterapia

AP
O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, têm reunião em Havana, Cuba (07/03)

Segundo Santos, Chávez manifestou o interesse de participar da Cúpula das Américas, que será realizada em Cartagena das Índias (Colômbia) nos dias 14 e 15 de abril. Em sua reunião em Cuba, os presidentes analisaram as relações bilaterais e deram sinal verde ao acordo comercial entre as duas nações.

No domingo, Chávez indicou que as análises confirmaram que, apesar de não haver evidência de metástase, o tumor extraído em 26 de fevereiro é cancerígeno. Ele anunciou que se submeterá à radioterapia.

"O tumor foi extirpado em sua totalidade e foi confirmado o que já se supunha: o mesmo é uma recorrência do câncer diagnosticado inicialmente", indicou Chávez, 57, em um programa gravado no sábado em Cuba e exibido no domingo na TV estatal, referindo-se ao câncer de que se tratou no ano passado .

"Vamos fazer um tratamento de radioterapia na área" assim que for concluído o processo de cicatrização da nova cirurgia, acrescentou, afirmando que esse tratamento pode levar ainda algumas semanas para começar.

Chávez assegurou que "o mais importante" é que foi constatada "a ausência de lesões sugestivas de câncer" em nível local, em órgãos próximos ou longe da zona comprometida. "Nem à distância, nem metástase, nem gânglios, nem nada disso, graças a Deus. Por isso estamos tão otimistas nessa batalha", reafirmou o presidente no vídeo divulgado de Havana, sem adiantar sua data de regresso à Venezuela.

"Eu viverei! Eu superarei!", disse Chávez sentado a uma mesa e vestido de azul juntamente com o chanceler Nicolás Maduro e outros ministros e seu irmão mais velho, Adan Chávez, no que parecia ser uma reunião de trabalho.

Com AFP, Reuters e EFE

    Leia tudo sobre: venezuelachávezsantoscolômbiacubacâncercirurgiahavana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG