Chávez pede reação de seguidores a protestos da oposição

Caracas, 31 jan (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje ver o mesmo formato de violência na nova onda de protestos contra o Governo e pediu a seus seguidores que reajam.

EFE |

"Perante essa situação, é preciso que nosso povo entre em batalha (...) e a presença viva e ativa dos estudantes revolucionários nas ruas deve se transformar em um muro de contenção que dissuada e neutralize os que pretendem incendiar nossas cidades", ressaltou.

Em seu programa dominical de rádio e televisão, "Alô Presidente", e em seu artigo semanal nos jornais, Chávez opinou que as marchas opositoras evidenciam que os detratores do Governo não contam com apoio popular em massa.

"Na realidade, os chefes da contrarrevolução não estão fazendo outra coisa senão reeditar um formato que já conhecemos", disse Chávez, que lembrou diversos atos de violência antes e depois do golpe de Estado que o derrubou durante dois dias, em abril de 2002.

EFE ar/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG