Chávez pede pontes móveis ao Brasil para remediar estrago das chuvas

Temporais deixaram ao menos 100 mil desabrigados e 30 mortos

EFE |

CARACAS - O líder venezuelano, Hugo Chávez, agradeceu nesta terça-feira ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela preocupação do brasileiro com a tragédia causada pelas chuvas na Venezuela e disse que lhe pediu envio de pontes móveis, para solucionar provisoriamente o estrago das chuvas.

Em conversa telefônica, Lula expressou sua preocupação com a situação na Venezuela, castigada nas últimas semanas por fortes chuvas que deixaram cerca de 30 mortos, mais de 100 mil desabrigados e danos significativos em construções.

O presidente brasileiro perguntou em que podia ajudar e Chávez respondeu que seriam muito bem-vindas pontes móveis, indicou o próprio líder venezuelano, enquanto visitava obras de construção de casas populares no oeste de Caracas, evento transmitido pela televisão estatal. "Lula diz que pode nos enviar pontes de guerra", já que as chuvas destruíram ou danificaram cerca de 20, explicou Chávez.

    Leia tudo sobre: VenezuelaChávez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG