Chávez pede a R.Unido devolução de Malvinas à Argentina

Caracas, 19 fev (EFE).- O governante venezuelano, Hugo Chávez, reiterou hoje o pedido ao Reino Unido para que devolva as Ilhas Malvinas à Argentina, ao conversar com a presidente argentina Cristina Kirchner para felicitá-la por seu aniversário.

EFE |

"Conversei hoje com Cristina, a presidente argentina, porque hoje é seu aniversário. Palmas para Cristina!", disse Chávez durante uma conexão que fez o canal estatal "Venezolana de Televisión" com o conselho de ministros.

Em seguida, Chávez acrescentou: "o Reino Unido não percebe que está violando o direito internacional, os princípios básicos da geografia e a história? Saiam dali! Devolvam as Malvinas à Argentina!".

O presidente venezuelano justificou depois a permanência do Reino Unido nas Malvinas e disse que isso se explica porque em seu entorno marítimo há petróleo e gás.

"A frota mobilizada em 1982 nas Malvinas sabia o que fazia porque ali há petróleo e gás", lembrou o presidente venezuelano.

"O petróleo do Mar do Norte está esgotando e os ingleses estão desesperados. Os ianques também estão desesperados", acrescentou o governante.

Chávez afirmou que a Argentina reagiu perante as iniciativas de Londres para explorar petróleo e gás das Malvinas e disse que "a presidente emitiu um decreto restringindo os direitos derrogados do antigo império inglês". EFE rr/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG