Chávez pede a governo hondurenho que entregue o poder

O governo de fato de Honduras, dirigido por Roberto Micheletti, deve entregar o poder sem provocar um massacre, agora que o presidente Manuel Zelaya regressou, disse nesta segunda-feira o presidente venezuelano, Hugo Chávez.

AFP |

"Esperamos que os golpistas entreguem o poder e não massacrem este povo. Que não tentem uma loucura. O mundo está na expectativa...", declarou Chávez durante um ato público.

"Têm que entregar o poder na boa. O povo está nas ruas e o presidente (Zelaya) na embaixada do Brasil. O que vão fazer os golpistas?" - perguntou Chávez.

"É preciso felicitar o presidente Zelaya e reconhecer sua coragem. É preciso apoiar o que ele exige, que é a presença dos organismos internacionais para se evitar um massacre e se obter a volta da democracia a este país".

"Zelaya se escondeu no porta-malas de um carro", em "tratores", e passou por vários controles sem ser descoberto até chegar a Tegucigalpa, revelou Chávez.

"Foi uma ação heróica, quase solitária, arriscando sua vida".

bl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG