Chávez ordena investigação sobre possível tentativa de golpe de Estado

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou uma investigação sobre uma suposta tentativa de golpe de Estado que estaria sendo planejado por militares da ativa e da reserva, informou o canal estatal de televisão.

AFP |

Um programa de TV exibiu uma gravação de três militares que conversavam sobre uma tomada violenta do palácio presidencial de Miraflores, em Caracas.

Chávez entrou ao vivo no programa de televisão para afirmar que conversou com o ministro da Defesa, o general Gustavo Rangel Briceño, para que investigue as informações.

"Temos infiltrado movimentos dos mais radicais, fascistas que estão tentando incendiar o país. (...) Sabemos há muito tempo que estão buscando foguetes terra-ar e equipamentos sofisticados para explodir o avião presidencial", explicou.

Sem revelar a fonte que obteve a gravação, o programa da emissora estatal exibiu trechos da conversa entre um vice-almirante e dois generais da reserva.

"Aqui o objetivo é um só: vamos tomar o Palácio de Miraflores, vamos tomar as sedes das emissoras de televisão (...) O objetivo tem que ser um só, ou seja: todo o esforço para onde está o senhor (Hugo Chávez)", se escuta na conversa.

Chávez foi objeto em abril de 2002 de um golpe de Estado que o afastou do poder por dois dias.

bl-rsr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG