O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ofereceu sua ajuda em termos de assessoria a Barack Obama para orientá-lo a incentivar uma reforma na regulamentação que rege o uso dos cartões de crédito.

"Se o presidente Obama precisar de assessoria, aqui temos alguma experiência no assunto. Nós tomamos uma série de medidas para proteger nosso povo, temos alguma experiência que podemos compartilhar com o governo dos Estados Unidos", explicou Chávez durante seu programa semanal 'Alô, Presidente'.

"Obama, se você quiser, eu te mando o Samán por uma semana", acrescentou Chávez, referindo-se a seu ministro do Comércio, Eduardo Samán.

O presidente venezuelano se referia ao discurso de Obama, transmitido no sábado, na qual incentivou o Congresso a apresentar um projeto de reforma para as regras do cartão de crédito, para fortalecer o sistema e proteger o consumidor.

jt/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.