Chávez oferece a Lugo experiência como governante

Caracas, 19 jun (EFE) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, colocou hoje à disposição do chefe de Estado eleito do Paraguai, Fernando Lugo, a experiência que acumulou em quase uma década no poder. Como disse o mártir cubano José Martí: Diga-me Venezuela em que servi-la e terá em mim um filho. Eu tomo essa frase do princípio ao fim e em toda a significação espiritual e digo: Diga-nos Paraguai em que servi-lo e terá em nós filhos e filhas para servir-lhe, afirmou Chávez.

EFE |

Em um ato de entrega de imóveis em Caracas e na presença de Lugo, que hoje encerrará uma visita de dois dias à Venezuela, Chávez insistiu em que se sua experiência "destes dez anos (de presidente) pudesse servir de algo", que Lugo "a aproveite", como destacou que ele fez de Cuba.

"Fidel Castro pediu que eu te cumprimentasse", acrescentou Chávez, após lembrar que esta semana se reuniu com o líder cubano e que assegurou em Havana que não saberia dizer-lhe "o que seria da revolução venezuelana se não existisse a revolução cubana".

"Esta visita do pai, amigo e irmão Fernando (Lugo) nos anima muito a colocar-nos à disposição do povo paraguaio", disse, mas esclareceu que fazia isso em nome de todos os venezuelanos sem sentir-se "superior a ninguém", mas porque são "duas nações irmãs".

O governante venezuelano lembrou que o escritor uruguaio Eduardo Galeano sustenta que "nada menos estrangeiro que o socialismo" na América Latina, devido a que a vida dos povos "sempre esteve marcada pelos princípios do socialismo, que são amor e solidariedade".

"Ninguém, absolutamente ninguém, passava necessidade", disse Lugo em um ato exibido pela televisão e caracterizado por discursos informais e periódicos de ambos e de outras autoridades, assim como de beneficiados dos projetos de imóveis.

Chávez e o chefe de Estado eleito do Paraguai devem assinar no decorrer do dia uma série de acordos de colaboração bilateral, entre eles petroleiros, que entrarão em vigor quando Lugo assumir o cargo.

EFE ar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG