de igualdade - Mundo - iG" /

Chávez oferece à Espanha relação de igualdade

Madri, 11 set (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, manifestou hoje sua disposição de cuidar da relação com a Espanha e com seus amigos, o rei Juan Carlos da Espanha e o presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, para potencializar a relação entre os dois países em condição de igualdade.

EFE |

Em declarações aos jornalistas, Chávez fez estas declarações na saída do hotel em Madri onde está hospedado, e de onde foi ao Palácio de La Moncloa para se reunir com Zapatero.

A reunião com Zapatero é anterior à que manterá com o rei no Palácio da Zarzuela, durante sua breve visita a Madri, com a qual coloca fim a sua viagem pelo Oriente Médio, Magrebe e Europa Oriental.

"É uma parada de trabalho e de afeto. Paramos aqui para uma reunião de amigos, somos amigos do presidente Zapatero, do rei Juan Carlos, para conversar sobre a política e a economia", disse.

Segundo Chávez, a relação política, econômica e social entre a Espanha e a Venezuela é "muito importante" e deve estar "em condição de igualdade, de afeto e sem fazer caso dos 'pregadores da mentira' que andam por todos os lados".

O presidente venezuelano avaliou em cerca de 8 bilhões de euros os contratos das empresas espanholas que têm negócios em seu país.

"É um número bastante grande, temos que cuidar disso. A Espanha é um país muito importante para nós e temos grandes amigos aqui", acrescentou Chávez.

O presidente venezuelano chegou esta madrugada a Madri de Moscou e voltará a seu país hoje, após suas reuniões com Zapatero e o rei, fechando uma viagem que o levou à Líbia, Argélia, Síria, Irã, Turcomenistão, Itália e Belarus. EFE cpg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG