Caracas, 2 jun (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, informou hoje que designou uma comissão de enlace para a transferência do Banco da Venezuela ao Estado, que pagará US$ 1,05 bilhão pela entidade ao espanhol Grupo Santander.

Essa "comissão de enlace" está liderada por Eugenio Vásquez Orellana, atual presidente do Banco Nacional de Vivienda y Habitad, disse Chávez em um ato oficial transmitido pela "Venezolana de Televisión" ("VTV").

Está previsto que no dia 3 de julho o Estado venezuelano assuma o controle do Banco da Venezuela, segundo o acordo de compra e venda assinado em Caracas em 22 de maio pelo ministro das Finanças, Alí Rodríguez, e o presidente da entidade financeira, Michel Goguikian.

Chávez reiterou nesta terça-feira que sua Administração vai "democratizar" o banco, o que fortalecerá o sistema financeiro público e ajudará o povo através da intermediação financeira. EFE gf/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.