Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Chávez nega que Venezuela ajude Irã a transportar armas para Síria

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta terça-feira que é uma invenção a notícia de que seu governo está ajudando o Irã a transportar material bélico para a Síria, e afirmou que tal acusação faz parte da agressão permanente do Império (EUA) contra seu país.

AFP |

"Os jornais do Império já começaram a inventar que estou mandando armas para a Síria a partir do Irã através de nossa companhia aérea Conviasa", disse Chávez durante dicurso no Palácio de Miraflores.

O jornal italiano La Stampa, que cita a CIA e outros serviços de inteligência, afirmou no domingo passado que a Venezuela ajuda o Irã a levar material para a Síria fabricar mísseis.

Desde março de 2007, a estatal Conviasa opera um vôo semanal entre Caracas, Damasco e Teerã.

Segundo La Stampa, o material, que inclui computadores e componentes para motores, é fabricado pelo grupo industrial iraniano Shahid Bagheri (SBIG), inscrito no anexo da resolução 1.737 da ONU por sua participação no programa iraniano de mísseis balísticos.

Em troca desta ponte aérea, o Irã teria colocado à disposição de Caracas alguns Guardiães da Revolução e membros de sua unidade de elite Al Qods para treinar os serviços secretos e a polícia venezuelanos.

Chávez e o presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, firmaram vários acordos de cooperação e compartilham o ódio pelos Estados Unidos, especialmente em relação ao presidente George W. Bush.

pt/LR/sd

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG