Chávez nega internação e recaída em seu estado de saúde

Líder venezuelano desmente informação divulgada por jornal de que teria sido internado com urgência após falência renal

iG São Paulo |

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, negou nesta quinta-feira que seu estado de saúde tenha piorado, após uma reportagem do jornal El Nuevo Herald, baseado em Miami, ter dito que o líder havia sofrido falência renal e estava no hospital.

Reuters
Hugo Chávez jogou softball antes de conceder coletiva de imprensa

Em entrevista telefônica à TV estatal venezuelana, Chávez, que enfrenta um tratamento contra câncer, afirmou que "é preciso acabar com as especulações". "Se algo acontecer (com minha saúde) serei o primeiro a contar", afirmou.

Segundo Chávez, as especulações sobre sua saúde "querem gerar incerteza" e "não surgiu nenhuma (dificuldade em sua recuperação) além do normal". "Disseram que estou internado não sei onde. Não, eu estou aqui em meu local de trabalho, trabalhando", insistiu Chávez.

Mais tarde, antes de dar uma coletiva de imprensa, o presidente venezuelano vestiu uma roupa esportiva e, diante da imprensa, jogou softball, para mostrar que seu estado de saúde é satisfatório.

Na coletiva, Chávez afirmou que seus últimos exames tiveram bons resultados, "inclusive o colesterol", salientou.  Ele disse novamente que os rumores sobre a sua piora são parte de uma campanha "mórbida, grosseira e desumana".

Horas antes, o ministro das Comunicações da Venezuela, Andrés Izarra, também tinha negado uma nova internação de Chávez . "Os que devem ser internados são os jornalistas do Nuevo Herald, mas em um manicômio. #ChavezLosTieneLocos", escreveu Izarra em sua conta no Twitter.

Na quarta-feira à noite, o Nuevo Herald publicou, com base em fontes supostamente envolvidas no caso que não foram reveladas, que Chávez teria sido internado na terça-feira no Hospital Militar de Caracas em más condições.

"Seu estado geral está comprometido. Chegou em situação bastante grave e foi trazido de emergência", revelaram as fontes ao jornal de Miami.

Chávez, que em junho anunciou sofrer de um tumor cancerígeno, recentemente foi submetido a um quarto ciclo de quimioterapia em Havana, Cuba. Apesar de ter informado que passou por uma cirurgia e por tratamentos, o presidente forneceu poucos detalhes sobre a doença, como o tipo de câncer e sua gravidade.

Desde então, ele reduziu suas aparições públicas e tem preferido dar entrevistas por telefone para a emissora estatal. Ainda assim, já afirmou anteriormente que mantém os planos de disputar a reeleição, no pleito de 2012. Aos 57 anos, ele está há 12 anos no poder.

Com EFE e BBC

    Leia tudo sobre: chávezvenezuelacâncercirurgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG