Chávez marca próxima reunião da Alba para dia 25 de setembro na Bolívia

La Paz, 17 jul (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou hoje que a próxima reunião da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba) será realizada na região de Cochabamba, no centro da Bolívia, no dia 25 de setembro.

EFE |

Chávez fez as declarações depois de se reunir com o presidente da Bolívia, Evo Morales, no Palácio do Governo de La Paz, onde, segundo Chávez, revisaram a agenda da próxima cúpula da Alba e trataram temas bilaterais.

"Será uma cúpula muito importante, porque a Alba está na ofensiva, sobretudo depois do golpe de Honduras que está em pleno desenvolvimento", afirmou.

Chávez, que antes de reunir-se com Morales assegurou que o líder deposto de Honduras, Manuel Zelaya, vai entrar em seu país nas próximas horas, deu a entender depois que ele já poderia estar lá.

"Eu não sei se Zelaya vai aparecer publicamente em alguma cidade de Honduras em alguma manifestação, não sei. Essa decisão será tomada por ele, mas Zelaya demonstrou que é valente e vai para Honduras", afirmou.

O presidente venezuelano assegurou que antes de viajar para Bolívia falou com Zelaya, que disse que não sabia se iam o matar e enviou seu apoio a ele e a Morales.

"Pedimos a Deus por sua vida e aos golpistas que entendam que a era dos gorilas passou, que se equivocaram no tempo e no espaço", declarou.

Além disso, Chávez pediu aos novos governantes de Honduras, liderados por Roberto Micheletti, que devolvam o Governo "em paz, que não haja um tiro nem um morto a mais e que Honduras siga seu ritmo, que é absolutamente democrático". EFE lav/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG