Chávez lidera transferência de comando nas Forças Armadas

Caracas, 5 mar (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, liderou hoje um ato no qual foram nomeados novos comandantes gerais da Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) que, segundo o líder, retomou a via da revolução socialista.

EFE |

No ato de transferência de comando, realizado no Forte Los Caribes, no estado de Cojedes, no centro-oeste venezuelano, o major-general Juan Vicente Paredes Torrealba substituiu o major-general Carlos Mata Figueroa como comandante-geral do Exército Nacional Bolivariano (ENB).

O Comando Geral da Aviação Militar Nacional Bolivariana será dirigido pelo major-general Jorge Arévalo Oropeza Pernalete, que substituirá o major-general Luis Berroterán Acosta.

O major-general Félix Antonio Velásquez será o novo comandante da Milícia Bolivariana Nacional, onde substitui o major-general Carlos Freites Reyes, e o recém-nomeado general-em-chefe Carlos Mata Figueroa dirigirá o Comando Estratégico Operacional (CEO), em substituição ao major-general Jesús González González.

Chávez presidiu o ato na companhia do vice-presidente do país, Ramón Carrizález, que assumiu esta semana o cargo de ministro da Defesa, até agora desempenhado pelo general Rangel Briceño.

Ao se dirigir aos soldados e oficiais, o líder venezuelano disse que as Forças Armadas retomaram o caminho "da revolução socialista" que começou "há mais de 200 anos".

"Aqui estamos, junto com o povo, para concluir a obra de nossos libertadores: liberdade, independência, paz e justiça social para todos, para o desenvolvimento pleno", afirmou.

Chávez elogiou a presença das mulheres dentro das Forças Armadas venezuelanas e, após reiterar que é "um feminista", ressaltou que na "igualação" da mulher está a igualdade dos povos. EFE eb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG