voz da Revolução Bolivariana - Mundo - iG" /

Chávez leva à ONU voz da Revolução Bolivariana

Nações Unidas, 23 set (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, assiste hoje aos debates da Assembleia Geral da ONU, onde estão sendo analisados os principais conflitos internacionais, a crise econômica e a mudança climática.

EFE |

"A Venezuela faz presença com sua voz, a voz que respeitam, a voz da Revolução Bolivariana", disse o presidente Hugo Chávez, ao chegar a Nova York.

Chávez discursará amanhã na tribuna da ONU, onde reivindicará o rápido retorno ao poder do deposto presidente de Honduras, Manuel Zelaya, refugiado desde segunda-feira na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa.

O presidente venezuelano retorna à ONU após dois anos de ausência. Em seu último e sonoro discurso, em 2006, chamou de "diabo" o então presidente dos Estados Unidos, George W. Bush.

"A Venezuela continua defendendo, e não só defendendo, lutando pelo nascimento de um mundo novo, por esse nascimento que já ocorreu, portanto, não se trata só do nascimento de um mundo novo, mas do crescimento de um novo mundo, de múltiplos núcleos", disse à imprensa.

Os países latino-americanos insistirão neste fórum em reivindicar mais poder para as nações em desenvolvimento nas instituições multilaterais, e pedir que as medidas contra a mudança climática sejam financiadas principalmente pelos países desenvolvidos, que foram os que mais poluíram.

A situação em Honduras após a chegada surpresa de Zelaya gerou uma intensa atividade diplomática em Nova York, para reivindicar seu retorno ao poder e garantias de inviolabilidade da sede diplomática.

Zelaya tinha sido convidado a participar hoje na Assembleia da ONU, e na sala estão presentes sua chanceler, Patricia Rodas, e seu filho, Héctor Zelaya. EFE va/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG