Chávez indica ministro da Agricultura como vice-presidente

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, indicou na terça-feira como novo vice-presidente do país o ministro de Agricultura e Terras, Elías Jaua, que ocupará simultaneamente os dois cargos. Jaua, sociólogo que lidera a luta contra o latifúndio lançada pelo presidente de esquerda, vai substituir Ramón Carrizalez, que renunciou na segunda-feira. Carrizalez permaneceu dois anos no cargo e alegou motivos pessoais ao anunciar que deixaria o cargo, assim como o ministro da Defesa.

Reuters |

"Estive revisando e me decidi por Elías, dedicado à revolução (vem) demonstrando transparência, humildade, honestidade em todos os cargos, continuará no ministério de (Agricultura e Terras) e assumirá a primeira vice-presidência executiva", disse Chávez.

Desde que assumiu o poder em 1999, Chávez já nomeou seis vice-presidentes. O que durou mais tempo no cargo foi o veterano político e jornalista José Vicente Rangel, cujo mandato foi de 2002 até 2007.

A saída de Carrizalez e de sua mulher, a ministra do Ambiente, ocorreu no momento em que Chávez enfrenta uma baixa na popularidade pelos frequentes cortes no fornecimento de energia e água e depois de uma recente desvalorização.

Chávez anunciou ainda na noite de terça, por meio da tevê estatal VTV, que o general Carlos Mata Figueroa será o novo ministro da Defesa. O general manterá o cargo de chefe do Comando Estratégico Operacional.

(Por Ana Isabel Martínez)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG