O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, garantiu nesta quarta-feira, em uma conversa por telefone com o colega francês, Nicolas Sarkozy, que continuará fazendo o possível pela libertação da franco-colombiana Ingrid Betancourt e de todos os reféns em poder da guerrilha das Farc.

"Disse a ele: apesar de tudo, vou continuam fazendo o possível não só pela libertação de Ingrid Betancourt como de todas as pessoas que estão nas mãos das Farc na selva colombiana", explicou o presidente venezuelano.

Chávez conversou por telefone com Sarkozy da faixa de Orinoco, sudeste do país, onde visitou poços de petróleo em companhia do primeiro-ministro português José Sócrates.

"Seguiremos fazendo contato com as Farc para refazer o caminho para a libertação, para o acordo humanitário e a paz na Colômbia", acrescentou o venezuelano.

bl/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.