profunda indignação com ataque de Israel a Gaza - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Chávez expressa profunda indignação com ataque de Israel a Gaza

Caracas, 28 dez (EFE).- O Governo da Venezuela expressou hoje sua profunda indignação com o criminoso ataque de Israel a Gaza, e pediu à comunidade internacional para empreender uma campanha em massa de rejeição a estas infames ações violentas.

EFE |

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores venezuelano manifestou sua "solidariedade para com o povo palestino", e acusou o Governo do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, de ser o "único cúmplice" do ataque.

Caracas destacou que a posição oficial de Washington de que "para que acabe a violência na região (de Gaza) devem cessar os ataques a Israel (...) poderia constituir o invariável 'selo de ouro' da criminosa gestão do Governo dos EUA" que deixa o poder.

O Governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, desafiou "a ONU a exercer sua autoridade e aplicar as múltiplas resoluções adotadas em favor do povo palestino e contra a violência de Estado praticada pelo Governo de Israel".

Isso, por considerar que é o "único caminho para garantir uma paz duradoura e o fim de fatos como estes, que são absolutamente contrários à Carta das Nações Unidas e às demais normas internacionais".

Pelo menos 282 pessoas morreram e 900 ficaram feridas nos ataques de Israel a Gaza, bombardeada pelo segundo dia seguido na operação israelense contra os palestinos mais violenta desde a Guerra dos Seis Dias de 1967. EFE gf/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG