reiniciar relação com os EUA - Mundo - iG" /

Chávez espera que cúpula sirva para reiniciar relação com os EUA

Caracas, 4 abr (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse esperar que a 5ª Cúpula das Américas, que acontece de 17 a 19 de abril em Trinidad e Tobago, ocasião em que se encontrará com seu colega dos Estados Unidos, Barack Obama, sirva para reiniciar as conflituosas relações entre os dois países.

EFE |

Esta será a primeira vez em que Chávez e Obama estarão juntos em um evento, mas até agora não há informações sobre a possibilidade de um encontro direto entre ambos.

"Estou disposto a apertar o botão 'reiniciar'; sou o primeiro a aspirar a uma mudança nas relações", acrescentou Chávez falando a partir do Irã, um dos países que visita durante viagem oficial.

Segundo uma nota de imprensa divulgada hoje pela Presidência venezuelana, Chávez pediu que Obama aja da mesma maneira, "sobretudo com os países que foram agredidos pelos EUA".

O presidente venezuelano disse não querer impor nada aos EUA, mas pediu ao país para que "não venha impor algo sobre um Governo soberano".

Chávez lembrou que pôde debater com o ex-presidente americano Bill Clinton, quando este estava no cargo, "temas de interesse" e disse esperar que as conversas voltem "a esse nível" agora com Obama.

"Tomara que Obama seja o primeiro presidente a respeitar seu próprio povo e a soberania das nações; que contribua para a salvação do mundo, mas que não se achem os salvadores do mundo, porque até agora foram os seus destruidores", acrescentou o chefe de Estado venezuelano.

Chávez assegurou que, sempre que se referiu duramente a membros do Governo de Washington, foi em resposta às agressões recebidas dos EUA.

No último dia 22, Chávez chamou de Obama de "pobre ignorante" após atribuir-lhe declarações nas quais o presidente americano o teria acusado de apoiar o terrorismo. EFE ar/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG