Chávez elogia Governo espanhol por postura sobre nacionalização

Caracas, 22 mai (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse hoje que foi assinado nos melhores termos o acordo para a compra da filial na Venezuela do Grupo Santander e elogiou a atitude do Governo espanhol por não ter caído no que chamou de provocações da imprensa.

EFE |

"Hoje foi assinada, nos melhores termos e sem nenhum conflito, a nacionalização" do Banco da Venezuela, "que é um dos maiores do país e estava nas mãos de capitais espanhóis", afirmou Chávez em discurso no estado de Barinas, no oeste do país.

"Quero reconhecer a atitude do Governo espanhol, porque não caiu nas provocações da imprensa espanhola e venezuelana" disse o presidente, em referência a uma suposta campanha midiática para entorpecer a operação de compra do banco pelo Estado venezuelano.

Segundo Chávez, a compra do Banco da Venezuela aconteceu em termos amistosos e "cordiais" com os representantes do Grupo Santander.

O Governo venezuelano e o Grupo Santander assinaram hoje um acordo para a compra e venda por US$ 1,05 bilhão da filial da entidade espanhola na Venezuela. EFE rr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG