bélica de Uribe superou as fronteiras - Mundo - iG" /

Chávez diz que política bélica de Uribe superou as fronteiras

Bogotá, 8 ago (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse hoje que a política bélica do líder colombiano, Álvaro Uribe, e dos Estados Unidos superou as próprias fronteiras e se estendeu ao Equador e à Venezuela, e negou que queira um confronto entre Caracas e Bogotá.

EFE |

"Isso não depende de nós, eu queria apagar (um possível confronto)", disse Chávez, em uma entrevista à rede de televisão colombiana "RCN".

"Mas é que, na Colômbia, há uma guerra. E a política 'bélica' de Uribe e o apoio 'bélico' dos Estados Unidos alcançaram o transbordamento da guerra da Colômbia sobre as fronteiras, para a Venezuela, para o Equador".

Do Palacio de Miraflores, em Caracas, Chávez disse que a presença de militares e contratados americanos que poderiam operar a partir de sete bases colombianas para combater o narcotráfico e o terrorismo é perigosa para seu país.

"É uma ameaça contra a Venezuela a presença de 'ianques' na Colômbia, e seguiremos revisando as relações em todos os âmbitos", disse o governante venezuelano.

Acrescentou que não está proibindo que Uribe assine acordos internacionais, mas reivindicou o direito de protestar.

"Eu não estou proibindo a Uribe, nem poderia fazer isso, seria uma pretensão fora de qualquer ordem. Só que sou chamado e obrigado moralmente como chefe de Estado da Venezuela a protestar e a dizer por que protestamos", disse Chávez.

Em relação à chamada para consultas do embaixador da Venezuela na Colômbia, Gustavo Márquez, disse que era uma decisão por poucos dias.

"Ele nos informou, trouxe informação, eu não tinha a intenção de deixá-lo aqui por muito tempo", disse, lembrando que já ordenou seu retorno a Bogotá.

Sobre a visita do líder colombiano a sete países sul-americanos disse que é "um Uribe na defensiva", porque "sabe que a situação para a Colômbia fica mais difícil", pois corre "o risco de ficar isolada neste continente". EFE ocm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG