Cairo, 21 mar (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou que, a partir de uma mensagem que a seu pedido Luiz Inácio Lula da Silva entregou a Barack Obama, chegou à conclusão de que o chefe de Estado americano ignora a realidade da América Latina.

A declaração do governante venezuelano foi feita numa entrevista à rede de TV "Al Jazira" exibida hoje.

"Lula foi se reunir com Obama (em Washington) e eu aceitei que fizesse uma intermediação entre nós. Mandei-lhe uma mensagem na qual escrevi todas as declarações contra a Venezuela feitas pelas autoridades da Administração de Obama, entre elas as da sra.

(secretária de Estado americana, Hillary) Clinton", disse Chávez.

O presidente venezuelano, que não deu mais detalhes do conteúdo dessa mensagem, acrescentou que, "infelizmente, Lula saiu insatisfeito com a resposta de Obama".

"Mediante o que li nas entrelinhas e expressões (da resposta), concluí que Obama sofre de algo que pode ser superado: a ignorância do que acontece de verdade na aqui (América Latina)", disse Chávez.

Segundo o chefe de Estado, essa ignorância se deve ao fato de o presidente dos Estados Unidos "ainda ouvir a mesma coisa que lhe leem alguns assessores do Pentágono e da Casa Branca que serviram à Administração anterior".

Durante a reunião com Obama no último dia 14, Lula pediu a seu colega americano uma nova relação com a América Latina, que incluísse uma aproximação com a Venezuela, a Bolívia e Cuba.

Na entrevista exibida neste sábado pela "Al Jazira", o chefe de Estado venezuelano também disse que, por enquanto, não pensa em reconsiderar sua decisão de romper relações com Israel, tomada durante a ofensiva deste país contra a Faixa de Gaza, que matou mais de 1.400 palestinos entre 27 de dezembro e 18 de janeiro.

"Não há nada neste momento, nem a curto prazo, que nos faça pensar na possibilidade de retomar os laços (com Israel), porque não aconteceu nada que impulsione uma mudança nesse sentido", disse Chávez. EFE aj/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.