Chávez diz que o povo decidirá sobre sua permanência no poder

Caracas - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou hoje que os que criticam seu projeto de reeleição parecem de esquecer de o povo decidirá sobre sua continuidade ou não no poder, através de eleições democráticas.

EFE |

"Farei o que o povo mandar. Se vou governar até 2013 depende em primeiro lugar de Deus, e no plano político o povo da Venezuela que vai decidir em eleições, porque isto é uma democracia verdadeira", disse.

Chávez pretende reformar a Constituição para possibilitar a reeleição contínua, como existe em países europeus como França, Reino Unido e Espanha.

"Uma das mentiras que lançaram é que estamos armando uma fraude, porque a reforma foi rejeitada (em referendo) no ano passado", afirmou.

O governante assegurou que esse argumento é falso, porque em 2007 foi submetida a referendo a reforma de 69 artigos constitucionais, enquanto agora será a emenda de apenas um artigo.

Chávez disse ainda que a atual Constituição "está blindada contra qualquer capricho pessoal, porque ninguém só pode ser alterada em caso de aprovação em referendo nacional".

Leia mais sobre: Chávez

    Leia tudo sobre: chávez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG