Chávez diz que métodos para eliminar analfabetismo serão levados ao Paraguai

Caracas, 21 dez (EFE) - Os métodos que permitiram à Bolívia alfabetizar sua população, com a colaboração de Cuba e Venezuela, serão levados agora ao Paraguai, disse hoje o presidente venezuelano, Hugo Chávez. O presidente venezuelano fez referência ao assunto durante seu programa dominical de rádio e televisão Alô Presidente!, ao comentar que, no sábado, a Bolívia foi declarada livre de analfabetismo. Vi todo o ato, os discursos. O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, falou.

EFE |

Agora, vamos levar a missão 'Eu posso sim' ao Paraguai", disse Chávez.

O presidente não mencionou datas, mas destacou que o método "Eu posso sim", para aprender a ler, foi elaborado em Cuba e aperfeiçoado "pela experiência" na Venezuela.

Ao referir-se ao caso da Bolívia, Chávez indicou que, no país, há uma "legião de venezuelanos" que trabalharam na aplicação do plano de alfabetização. EFE rr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG