Chávez diz que incidente com rei da Espanha está superado

Lima, 16 mai (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou hoje que o incidente com o rei Juan Carlos, da Espanha, durante a Cúpula Ibero-Americana de Santiago do Chile está superado, e anunciou que se abre uma nova etapa nas relações com o país europeu.

EFE |

"O que aconteceu no Chile é passado, foi um episódio de uma dinâmica muito rica e muito apaixonada, mas podemos dizer que, a partir de hoje, retomamos o caminho das excelentes relações que sempre tivemos com o Governo espanhol", disse.

A declaração de Chávez aconteceu durante a 5ª Cúpula América Latina-Caribe-União Européia (EU-LAC, na sigla em inglês), em Lima.

O governante venezuelano se encontrou hoje pela primeira vez com o presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, desde o incidente da última Cúpula Ibero-Americana, realizada em novembro do ano passado na capital chilena.

Nessa reunião, o rei Juan Carlos mandou Chávez se calar, quando ele interrompia Zapatero, que pedia ao líder venezuelano que retirasse suas desqualificações contra o ex-chefe do Executivo espanhol José María Aznar.

O incidente provocou uma crise nas relações institucionais entre Venezuela e Espanha, e Chávez prometeu na ocasião aplicar sanções às empresas espanholas radicadas em seu país.

Zapatero afirmou hoje que sua reunião com o presidente venezuelano foi "o primeiro passo para o restabelecimento e a normalização plena" das relações bilaterais. EFE wat/mh

    Leia tudo sobre: chavezchávez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG