Chávez diz que fracasso de Bush traria refugiados dos EUA à Venezuela

Caracas, 10 abr (EFE) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje que o suposto fracasso da gestão econômica do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, poderia trazer uma onda de refugiados americanos à Venezuela.

EFE |

"Há centenas de milhares de famílias na rua (nos EUA), teremos que nos preparar para receber os refugiados dos Estados Unidos aqui (...). Se algo cresceu nos Estados Unidos (durante a gestão de Bush) foi a miséria e a pobreza", disse Chávez.

O chefe de Estado venezuelano voltou a criticar que, enquanto a economia americana declina, "o Governo genocida de Bush investe no Iraque bilhões de dólares cada mês, em uma guerra sem sentido e sem razão, como quase todas as guerras".

Chávez citou, como freqüentemente faz, o líder cubano, Fidel Castro, e lembrou que este é um "profundo estudioso da realidade mundial" e que já tinha profetizado há anos a crise econômica que os EUA sofreriam.

Segundo o presidente venezuelano, Castro lhe disse que os "Estados Unidos compraram meio mundo com papéis que não têm sustentação na economia real, (e) essa bolha não agüenta".

Chávez fez estas declarações durante a realização de um ato em Caracas em homenagem ao revolucionário mexicano Emiliano Zapata (1879-1919), no qual a filha do guerrilheiro, Ana María Zapata, lhe entregou a medalha da Fundação, presidida por ela, a título honorífico.

"A guerra de Zapata foi uma guerra justa, a violência do oprimido é justa contra a violência do opressor, e isso é palavra de Deus", afirmou Chávez, acrescentando que os opressores inverteram o jogo e "chamam de terrorismo a violência dos oprimidos".

O presidente venezuelano reiterou seu pedido para que seja buscada "a integração da América Latina (...) uma verdadeira união, mais do que uma integração (...) para conseguir o equilíbrio do universo, do mundo multipolar, que já está no horizonte".

"Felizmente são calados os gritos que lançavam, de Washington, o canto da morte. Felizmente para nossos povos a tese do mundo unipolar veio abaixo", declarou Chávez. EFE mm/bf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG