Chávez diz que crise não vai atingir Venezuela

Caracas, 16 out (EFE).- A Venezuela tem capacidade para resistir à crise financeira internacional e manter diferentes planos de investimento, afirmou hoje o presidente do país, Hugo Chávez, que pediu confiança os venezuelanos.

EFE |

"Não é para cantar vitória, mas temos capacidade para resistir à crise e continuar investindo. Claro, estamos obrigados a fazer revisões e a ser mais eficientes nos gastos, mas tenham certeza de que a Venezuela tem um Governo que sabe o que está fazendo", disse Chávez.

O chefe de Estado fez essa declaração durante uma transmissão pela TV, enquanto 24 centros de saúde e uma pequena central elétrica eram inaugurados em diferentes partes do país.

"Fomos muito responsáveis no emprego dos recursos", disse Chávez ao falar das obras, acrescentando que o Governo tem aproximadamente US$ 100 bilhões em conta.

O governante também explicou que, segundo cálculos internacionalmente aceitos, um país com as dimensões econômicas e demográficas da Venezuela precisariam de US$ 25 bilhões guardados para garantir sua estabilidade.

"Nós temos reservas de quase US$ 40 bilhões, outros US$ 30 bilhões em recursos em trânsito", além de US$ 4 bilhões provenientes da exploração de petróleo e dos "US$ 12 bilhões do fundo sino-venezuelano", explicou. EFE rr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG