Caracas - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, qualificou hoje como desrespeitoso o gesto colombiano de remeter a Caracas documentos que provariam seus supostos vínculos com a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Chávez disse que "não dá nenhuma credibilidade" a esses documentos, e alertou que essa atitude "desrespeitosa" do Governo de seu colega da Colômbia, Álvaro Uribe, não contribui ao restabelecimento das boas relações bilaterais.

Segundo Bogotá, os documentos que evidenciariam os nexos de Caracas com as Farc foram achados em um computador do líder guerrilheiro "Raúl Reyes", número dois desse grupo armado, que foi morto pelo exército colombiano.

"Não temos nada que fazer com isso (os documentos enviados pela Colômbia) e não lhe damos nenhuma credibilidade. A Venezuela se respeita. E fazemos um apelo ao presidente Uribe: queremos restabelecer as relações (bilaterais), mas assim não dá", acrescentou Chávez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.