Chávez desapropria bens e serviços petroleiros no oeste da Venezuela

O presidente venezuelano Hugo Chávez desapropriou nesta sexta-feira bens e serviços da indústria petroleira no Lago de Maracaibo (oeste), depois da promulgação de uma lei que estipula o controle do Estado.

AFP |

"Estamos libertando a pátria, construindo o socialismo com os trabalhadores. Estes espaços são agora do povo, nós os libertamos do capitalismo, são espaços para a criação da nova pátria", celebrou Chávez.

A nova lei concede ao Estado o controle das atividades ligadas ao setor dos hidrocarbonetos, tais como empresas de distribuição de água, vapor ou gás, de transporte de trabalhadores e de prestação de outros serviços na indústria petroleira.

Segundo o ministro da Energia e Petróleo, Rafael Ramírez, 85% das atividades sujeitas a esta lei, até então em mãos de empresas contratistas, já estão sob controle do Estado.

Entre os bens e serviços desapropriados pelo presidente estão lanchas, rebocadores, cais e diques dos estaleiros do lago de Maracaibo, uma importante região petroleira. Em outras regiões do país também houve bens e serviços nacionalizados.

As empresas que possuíam estes bens ou estavam encarregadas de fornecer serviços serão indenizadas, segundo a lei.

bl/cn

    Leia tudo sobre: venezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG