Chavéz denuncia plano para matar Evo Morales

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, denunciou neste domingo um plano de magnicídio contra seu colega boliviano, Evo Morales, agora que se prepara para a vitória da nova Constituição de seu país.

AFP |

"Esta manhã telefonei a Evo e ele me contou que descobriram um plano de magnicídio", comentou Chávez em seu programa semanal de rádio.

"Evo se encaminha para a vitória" com a aprovação da "nova Constituição (da Bolívia) e agora surge um plano para tratar de matá-lo. Venceu o referendo (revogatório, em agosto) com 70%, apesar de toda a guerra psicológica e midiática, e como não podem com ele, vão de magnicídio".

Esta não é a primeira vez que Chávez denuncia um "magnicídio" contra Morales, que teria sido alvo de uma conspiração para matá-lo em março de 2007.

Chávez também revela, com certa freqüência, planos dos Estados Unidos e da oposição para eliminá-lo.

nn/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG