Chávez decide ficar em Bariloche até fim da cúpula da Unasul

Montevidéu, 28 ago (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, decidiu permanecer até o final da Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-americanas (Unasul), realizada em Bariloche, na Argentina, e cancelou a visita de poucas horas que faria hoje ao Uruguai, informaram à Agência Efe fontes da Presidência.

EFE |

Inicialmente estava previsto que o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, e Chávez viajariam no final da cúpula para Montevidéu para inaugurar hoje mesmo as obras do novo Instituto Nacional do Câncer (Inca), em cuja construção o Governo venezuelano colaborou com US$ 3 milhões.

Vázquez deixará a cúpula na hora inicialmente prevista, mas Chávez decidiu permanecer em Bariloche e não viajará para Montevidéu, disseram os informantes.

O presidente do Uruguai se transferirá diretamente da Base Aérea número um da Força Aérea Uruguaia, na periferia de Montevidéu e junto ao aeroporto da capital, para a sede do Inca, perto do centro da capital. EFE jf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG