Chávez critica relatório dos EUA sobre drogas e diz que Obama é igual a Bush

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, condenou o relatório dos Estados Unidos sobre o combate ao narcotráfico no mundo - que critica a Venezuela - e disse que seu colega americano Barack Obama é um seguidor de seu precedessor George W. Bush.

AFP |

"Há um novo governo nos Estados Unidos, ou Bush continua no comando? Obama parece ser um seguidor de Bush. Para mim não importa, porque esta revolução seguirá seu rumo, independentemente do imperalismo ianque", afirmou Chávez em um discurso pronunciado neste sábado.

"O governo do senhor Obama atacou novamente a Venezuela. Disse que a Venezuela não colabora na luta contra o tráfico de drogas. Ora, o país que mais apoia o narcotráfico em todo o planeta é os Estados Unidos, o maior consumidor de drogas do mundo", exclamou o dirigente venezuelano.

"Obama, cuide do que é seu, que eu cuido do que é meu. Não se meta comigo", esbravejou.

O Departamento de Estado americano afirmou em seu relatório sobre o tráfico de drogas no mundo, publicado na sexta-feira, que a Venezuela é uma das principais vias de passagem da droga do continente, e ressaltou que esta situação é agravada pela falta de cooperação do governo venezuelano.

Em 2005, Chávez suspendeu um acordo bilateral de combate ao tráfico concluído com os Estados Unidos alegando que agentes da DEA, a agência antidrogas americana, atuavam como espiões na Venezuela.

nn/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG