Chávez criará fundo especial para atender a pedidos em seu Twitter

Presidente recebe críticas, sugestões e até relatos de buracos em rua na sua conta do Twitter

AFP |

AP
Hugo Chávez, presidente da Venezuela, se tornou um assíduo usuário do Twitter
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou que vai criar um fundo com recursos do Estado para atender aos assuntos urgentes dos milhares de pedidos que recebe através de sua conta no Twitter, onde já possui mais de 248 mil seguidores.

O gabinete da presidência montará uma equipe com 200 pessoas para selecionar as mensagens que chegam à conta @chavezcandanga . O adjetivo "candanga" é usado na Venezuela para designar as pessoas maliciosas e engraçadas.

Desde que Chávez estreou no Twitter no final de abril, centenas de usuários escreveram para ele para pedir ajuda em questões de saúde, trabalho ou estudo, e até para denunciar a existência de buracos na rua em que moram.

Chávez abriu sua conta no Twitter no fim de abril e já se tornou um entusiasmado assíduo da rede social. Nesta semana, ele pediu ao líder cubano, Fidel Castro, que faça o mesmo .

"Vamos ver se Fidel entrou no @chavezcandanga. Não, não entrou. Fidel entra no Twitter. Entra aí Fidel, chico (garoto), que te custa?", afirmou o presidente venezuelano a seu principal mentor político, com o blackberry na mão durante um ato público.

    Leia tudo sobre: Hugo ChávezVenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG