Chávez cria fundo de 1 bilhão de dólares para resolver crise de energia

O presidente venezuelano Hugo Chávez anunciou neste domingo a criação de um fundo elétrico nacional com um valor inicial de 1 bilhão de dólares para acelerar o desenvolvimento de obras que aliviem o colapso da geração de energia na Venezuela.

AFP |

"Decidimos criar um fundo elétrico nacional para o desenvolvimento elétrico. Vou transferir esses recursos para o ministério de Energia para que não haja nenhum atraso", disse Chávez durante seu programa dominical "Alô, Presidente".

"Podemos dispor inicialmente de 1 bilhão de dólares para acelerar isso", acrescentou.

Os recursos serão destinados ao desenvolvimento de 59 projetos de geração e distribuição de energia elétrica, e 50 de operações e manutenção, disse Chávez.

A Venezuela enfrenta uma grave crise energética devido a um sistema de geração que entrou em colapso e à forte seca que afeta o país, que fez a água da represa do Guri, responsável pela produção de cerca de 70% da energia consumida no país, cair a níveis críticos.

O governo lançou um programa de racionamento de energia para diminuir em 20% o consumo. Até agora, apenas 4% foram economizados, segundo o ministro de Energia Elétrica, Alí Rodríguez.

Chávez mandou desativarem um polêmico plano de cortes de luz por faixas de horários em Caracas devido às "consequências indesejadas", mas Rodríguez disse que logo anunciará um novo esquema de racionamento para a capital.

    Leia tudo sobre: chávezcrise políticavenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG